20
jun
10

O Perigo dos Balões

Felipe Dana/AP - Portal R7

Não me lembro se algum dia gostei de balões. Eles são bonitos, coloridos, têm as mais diversas formas… mas têm fogo e, embora subam pelas mãos de uma pessoa, caem em lugar indefinido, onde pode ou não haver alguém que os recolha e evite acidentes. Parece-me meio óbvio que são perigosos, que soltá-los pode causar incêndios e custar a vida de pessoas, animais e plantas.

Ontem estava acompanhando as notícias sobre o incêndio ocorrido no Rio de Janeiro no Morro dos Cabritos, próximo à Lagoa Rodrigo de Freitas, causado pela queda de um balão. A cada nova imagem me doía mais imaginar quantos animais foram vítimas de uma pessoa irresponsável e inconsequente que, na empolgação com a época de festas juninas e a falta de consciência de seus atos, soltou o balão causador desse desastre.

Por que? Será que é tão difícil imaginar as consequências da queda de um balão com a tocha acesa? Será que não existe uma outra forma de diversão para essas pessoas que seja menos perigosa e prejudicial? Qual a graça de colocar em risco a vida de outros indivíduos? Acho lamentável que a imprensa divulgue: “Não houve vítimas”, diante de uma floresta toda queimada e quando é claro que animais morreram ali no meio, pois isso só dificulta a conscientização das pessoas com relação ao problema dos balões.

Existem leis de crimes ambientais e é proibido soltar balões, mas vivemos num país onde as leis e a justiça não parecem coisa séria. Não existe fiscalização, e a punição, bem mais leve e tolerante do que deveria ser, só existe na teoria. Quem sofre as consequências são as vítimas dos incêndios causados por esse perigoso “brinquedo”. No caso do incêndio de ontem, quantas vidas terão se perdido no meio do morro, onde, até então, havia uma floresta tão bela? Fala-se em um reflorestamento, mas o que estava ali e foi perdido não tem como ser recuperado.


5 Responses to “O Perigo dos Balões”


  1. junho 21, 2010 às 11:35 am

    E não é apenas o perigo de incêndio. Dia 30/05, as 6:30, eu estava indo para SP pela rod. dos Bandeirantes e avistei um hiper-mega-thunder balão, grande mesmo (tinha até um banner pendurado), sobrevoando nada menos que a área de aproximação de pouso do Aeroporto de Viracopos!

    Um amigo me contou que balões deste tamanho tem sua estrutura amarrada com arame e que não se sustentam apenas com a mecha; é necessário acoplar um pequeno botijão de butano, daqueles usados em camping.

    Ora, se um pássaro pode danificar uma turbina (rio Hudson, lembram?), imagina a tragédia que um treco daquele tamanho pode causar!

    Liguei para o 193 para avisar e eles me disseram que aquele já era o segundo balão do dia sobrevoando aquele espaço (eram 6:30 da manhã!).

    Alguns podem argumentar que é algo folclórico, cultural, inofensivo. Uma ova! É coisa de gente criminosa, inconsequente e que tem que ir pra cadeia!

    • julho 15, 2010 às 2:11 am

      Caramba! Isso eu nem imaginava… O que tem na cabeça uma pessoa que solta pelos ares um botijão de gás?! Realmente, o estrago que um balão desse tamanho pode causar é algo que vai além do que a gente imagina. Tem que ser muito irresponsável mesmo pra soltar essas coisas.

  2. junho 20, 2010 às 8:24 pm

    Realmente é uma pena este incêndio no Morro dos Cabritos.
    As pessoas deveriam ser mais conscientes e pensar na consequência de soltar balões.
    Há maneiras mais originas de comemorar as festas juninas sem colocar pessoas e florestas em risco.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


junho 2010
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Categorias

Clique para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 4 outros seguidores

Acessos ao Site

  • 12,912 acessos

%d blogueiros gostam disto: