26
jun
10

Sem Lágrimas

Quantas vezes quis chorar e a chuva veio… trouxe-me as lágrimas e chorou junto comigo.

Hoje quis chorar, mas as nuvens não vieram… Não trouxeram as lágrimas que faltavam para que o choro acontecesse, e o tempo se encarregou de secar as poucas lágrimas que naturalmente brotaram.

Tive que aceitar, no lugar do choro e do soluço, o silêncio que se fez.

Anúncios

2 Responses to “Sem Lágrimas”


  1. junho 27, 2010 às 10:37 pm

    Flávia, como eu gosto de ler seus textos, viu! Passam algo tão bom, uma simplicidade de alma, de vida… Continue firme, escrevendo sempre! 🙂

    Um bejão!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


junho 2010
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Categorias

Clique para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 3 outros seguidores

Acessos ao Site

  • 13,297 acessos

%d blogueiros gostam disto: