Arquivo para agosto \31\UTC 2010

31
ago
10

Livro: “A Morte de Ivan Ilitch” – Leon Tolstói

Depois de algumas aulas cheias de referências a esse escritor russo, fiquei curiosa e, pela primeira vez, li um livro dele. Terminei uns dias atrás e, como acontece comigo de vez em quando ao conhecer um autor (como comentei em outro post), me deixou com muita vontade de ler outras de suas obras.

Nesse livro é relatada parte da vida de Ivan Ilitch, um juiz muito respeitado que tem uma morte lenta e dolorosa cuja evolução, física e psicológica, é contada com detalhes pelo autor. Tolstói usa a morte do personagem e sua relação com a família, o trabalho e a vida para levantar alguns questionamentos bastante interessantes.

A leitura flui com facilidade e prende o leitor do início ao fim, e o livro é relativamente curto. Mesmo prestando atenção a cada detalhe é possível chegar ao final da história em algumas horas, e vale muito a pena por cada uma delas. Mesmo tendo acabado de fazer minha primeira leitura sei que muitas outras ainda virão, e recomendo para quem ainda não conhece.

Anúncios
30
ago
10

Listening to “Plácido Domingo e John Denver – Perhaps Love”

Link: Listening to “Plácido Domingo e John Denver – Perhaps Love”

Porque a voz do Plácido Domingo, que é perfeita, se destaca ainda mais no contraste com a do John Denver. Linda… “… for some a way of living, for some a way to feel / and some say love is holding on and some say letting go…”

29
ago
10

Dia Nacional de Combate ao Fumo

Não tinha pensado em algo sobre o que escrever, até que vi que hoje é o Dia Nacional de Combate ao Fumo, e não queria deixar passar a oportunidade de escrever minha opinião sobre o assunto. Pra mim, o cigarro foi uma das piores coisas já inventadas.

Um rolinho de papel recheado de substâncias químicas, muitas delas tóxicas, e algumas cancerígenas. A fumaça quente que entra pela boca, percorre o sistema respiratório e sai pelo nariz e boca, deixando seu rastro em cada centímetro por que passa. A simples idéia de acender um cigarro, tragar e jogar toda essa sujeira para dentro de mim me causa uma sensação repugnante, indescritível.

É difícil, pra mim, entender que alguém tenha sequer a vontade de experimentar. O mais estranho é que sempre ouço, de quem fuma, que no começo era ruim, o gosto, a sensação de tontura, mas ainda assim as pessoas insistem até se acostumarem com os sinais que o corpo dá de que está sendo atacado. Insistem até que o corpo já não tenha condições de sinalizar coisa alguma.

Acho que a maioria experimenta numa idade em que a curiosidade e a ignorância sobre as consequências são mais fortes, e, uma vez que o vício se instalou, aparentemente não existe informação, campanha ou remédio que seja o bastante para afastar a pessoa do fumo. Existem exceções, e fico muito feliz por pessoas tão importantes pra mim fazerem parte desse grupo, mas a maioria, ou entra numa luta sem fim da qual nunca consegue sair vencedora, ou, em algum ponto, simplesmente desiste e se entrega. Tem, também, os que ignoram qualquer tipo de informação e escolhem continuar fumando porque gostam. Esses são os que eu menos entendo.

Como se não bastasse fazer mal à pessoa que fez a escolha de fumar, o cigarro ainda prejudica todas as pessoas que convivem com o fumante. Não existe meio de controlar a fumaça e todo o veneno nela contido, então ela se espalha e afeta adultos, crianças e animais. Me sinto muito mal quando vejo um adulto fumando com uma criança ao lado, ou, ainda pior, uma grávida fumante. Nesses casos é negado à criança o direito de não fumar.

Campanhas de conscientização são importantes e espero que consigam, com o passar o tempo, diminuir significantemente o número de fumantes, pelo bem dessas pessoas. Quanto a mim, entreguei os pontos e desisti de convencer uma das pessoas que me é mais importante a abandonar o vício, embora não tenha um dia em que não pense, não me preocupe e não imagine o que ela ainda deve sofrer por causa dessa invenção maldita. Fumar é uma escolha pessoal, e deixar de fumar também deve ser.

28
ago
10

Teatro: “A Grande Volta”

Foto: João Caldas/Divulgação

Depois de muito tempo sem ir ao teatro, já que as opções não são muitas nem frequentes em Jundiaí, hoje tive o prazer de assistir a uma peça: “A Grande Volta”, com Fúlvio Stefanini e Rodrigo Lombardi, e direção de Marco Ricca.

A peça, escrita pelo belga Serge Kribus e traduzida por Paulo Autran, conta a história de pai e filho que, devido a problemas por que estão passando, acabam se vendo obrigados a conviver, conversar, coisa que nunca tinham feito, e passar por algumas experiências juntos, mesmo com o histórico da difícil relação existente entre eles.

Os dois atores são ótimos, a história é bonita, e tem alguns momentos muito divertidos. Faz pensar na relação de pai e filho, nas aparentes diferenças, nos obstáculos em se ter um diálogo aberto. É fácil se identificar. O espetáculo é tão envolvente que quando chega ao fim a impressão é de que ele mal tinha começado.

Amanhã terá uma outra sessão, no teatro Polytheama, às 19h. A vontade é de voltar e assistir mais uma vez, porque cada sessão sempre tem um toque, um momento, algo de diferente que gera uma reflexão. Gostei muito e recomendo!

27
ago
10

Listening to “Tom Jobim e Miúcha – Pela Luz dos Olhos Teus”

Link: Listening to “Tom Jobim e Miúcha – Pela Luz dos Olhos Teus”

… e às vezes os olhos entregam o que as palavras evitam dizer… “… ai, que bom que isso é meu Deus / que frio que me dá o encontro desse olhar…”

26
ago
10

Chuva, Por Favor

Algumas semanas sem chuva, esse tempo tão seco, e nos últimos dias, com olhos e nariz ardendo, garganta coçando, pele ressecada, sede constante, dificuldade para respirar, indisposição para fazer tantas coisas, me pego constantemente esperando que ela volte… logo.

Para ouvir:

e sonhar com ela.

24
ago
10

Listening to “Israel Kamakawiwo Ole’ – Somewhere Over the Rainbow”

Link: Listening to “Israel Kamakawiwo Ole’ – Somewhere Over the Rainbow”

Porque alguns amigos tornam meus dias tão mais coloridos… 🙂 “… and the dreams that you dreamed of / dreams really do come true…”




agosto 2010
D S T Q Q S S
« jul   set »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Categorias

Clique para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 3 outros seguidores

Acessos ao Site

  • 13,329 acessos

%d blogueiros gostam disto: