29
ago
10

Dia Nacional de Combate ao Fumo

Não tinha pensado em algo sobre o que escrever, até que vi que hoje é o Dia Nacional de Combate ao Fumo, e não queria deixar passar a oportunidade de escrever minha opinião sobre o assunto. Pra mim, o cigarro foi uma das piores coisas já inventadas.

Um rolinho de papel recheado de substâncias químicas, muitas delas tóxicas, e algumas cancerígenas. A fumaça quente que entra pela boca, percorre o sistema respiratório e sai pelo nariz e boca, deixando seu rastro em cada centímetro por que passa. A simples idéia de acender um cigarro, tragar e jogar toda essa sujeira para dentro de mim me causa uma sensação repugnante, indescritível.

É difícil, pra mim, entender que alguém tenha sequer a vontade de experimentar. O mais estranho é que sempre ouço, de quem fuma, que no começo era ruim, o gosto, a sensação de tontura, mas ainda assim as pessoas insistem até se acostumarem com os sinais que o corpo dá de que está sendo atacado. Insistem até que o corpo já não tenha condições de sinalizar coisa alguma.

Acho que a maioria experimenta numa idade em que a curiosidade e a ignorância sobre as consequências são mais fortes, e, uma vez que o vício se instalou, aparentemente não existe informação, campanha ou remédio que seja o bastante para afastar a pessoa do fumo. Existem exceções, e fico muito feliz por pessoas tão importantes pra mim fazerem parte desse grupo, mas a maioria, ou entra numa luta sem fim da qual nunca consegue sair vencedora, ou, em algum ponto, simplesmente desiste e se entrega. Tem, também, os que ignoram qualquer tipo de informação e escolhem continuar fumando porque gostam. Esses são os que eu menos entendo.

Como se não bastasse fazer mal à pessoa que fez a escolha de fumar, o cigarro ainda prejudica todas as pessoas que convivem com o fumante. Não existe meio de controlar a fumaça e todo o veneno nela contido, então ela se espalha e afeta adultos, crianças e animais. Me sinto muito mal quando vejo um adulto fumando com uma criança ao lado, ou, ainda pior, uma grávida fumante. Nesses casos é negado à criança o direito de não fumar.

Campanhas de conscientização são importantes e espero que consigam, com o passar o tempo, diminuir significantemente o número de fumantes, pelo bem dessas pessoas. Quanto a mim, entreguei os pontos e desisti de convencer uma das pessoas que me é mais importante a abandonar o vício, embora não tenha um dia em que não pense, não me preocupe e não imagine o que ela ainda deve sofrer por causa dessa invenção maldita. Fumar é uma escolha pessoal, e deixar de fumar também deve ser.

Anúncios

5 Responses to “Dia Nacional de Combate ao Fumo”


  1. setembro 5, 2010 às 7:28 pm

    Infelizmente largar o vício do cigarro é algo muito difícil!
    Pessoas brilhantes fumam e não conseguem largar o vício.
    O cigarro cria uma dependência química no organismo dos fumantes, e lutar contra isso requer um esforço diário.
    Há muitas pessoas da minha família que fumam e não conseguem parar. Sei que não é uma escolha delas fumarem, mas sim uma “fraqueza” que elas tentam superar e não conseguem.
    Desistir de ajudar alguém que nos é importante não é o caminho certo, pois os fumantes precisam de ajuda e não de repúdio.
    Não sei como fazer alguém parar de fumar, aceito sugestões! Alguém tem uma?

  2. agosto 30, 2010 às 11:11 pm

    Cigarro é uma droga legalizada… Felizmente, ultimamente algumas coisas têm melhorado: proibição de propaganda (lembra do “Pega bem fumar Dallas”?) e lei antifumo.

  3. 3 barufa
    agosto 30, 2010 às 9:55 am

    Nos dias de hoje, alegar ignorância quanto aos males do cigarro é algo inconcebível. Vivemos num tempo em que até as mais remotas populações tem acesso a algum tipo de informação (viva o radinho de pilha!). Nos centros urbanos então sofre-se do excesso de informação. O que antes era precário, agora precisa de filtro.

    Então, como entender que pessoas bem informadas, conscientes do perigo, comecem a fumar e permaneçam fumando? Não estou falando do fumante eventual, de fim de semana, que erroneamente tem a idéia pré-histórica de que um cigarro entre os dedos seja charmoso. Me refiro as pessoas que fumam diariamente. Vejo no fumódromo da empresa uma grande quantidade de mulheres (estudadas, esclarecidas) e outro dia uma amiga me disse que muitas fumam para… não engordar! RÁ, (efizema pulmonar + câncer) (dieta balanceada + exercícios). Quer dizer que a aprovação dos outros, baseada em critérios totalmente subjetivos, vale mais do que a sua integridade física??

    Que época vivemos!

    • 4 barufa
      agosto 30, 2010 às 10:02 am

      hmm.. o wordpress bagunçou meu comentário. Eu escrevi:

      (efizema pulmonar + câncer) “sinal de menor” pneuzinhos

      cigarro cancerígeno “sinal de maior” (dieta balanceada + exercícios)

      o uso de caracteres especiais deve ter causado isso.

  4. agosto 30, 2010 às 5:38 am

    Concordo plenamente contigo.
    O mundo seria um lugar muito melhor se não houvesse o fumo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


agosto 2010
D S T Q Q S S
« jul   set »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Categorias

Clique para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 4 outros seguidores

Acessos ao Site

  • 13,202 acessos

%d blogueiros gostam disto: